About This Blog

Eu sempre me considerei uma pessoa racional, no sentido de que, antes de tomar uma decisão e agir sobre ela, reflito sobre os fatos da realidade, sobre os meus valores, sobre os meus sentimentos e as minhas emoções (porque sentimentos e emoções também são parte da realidade). Mas esse processo de tomada de decisão por vezes é ativado de forma automaticidade, de modo a dar a impressão (para os outros e até para mim mesmo) de que ajo impulsivamente.

Um amigo meu, o renovado professor Ivan Moura Campos, me instigou a me manifestar, dois dias atrás, sobre algo que havia escrito no Facebook. Pedi-lhe o prazo de um dia e em seguida compus um texto que me agradou e que, pelo que ele me diz, agradou a ele. Rapidamente me dei conta de que tinha várias coisas já escritas que poderiam enriquecer ainda mais aquele texto. E resolvi criar este blog e uma página no Facebook sobre Karl Popper — na minha opinião, o maior filósofo do século 20.

O material que escrevi é o primeiro artigo deste blog. Acrescentei, rapidamente, hoje de manhã, nove outros artigos sobre temáticas popperianas.

Espero que o material agrade e desafie o leitor. Talvez agrade porque desafia. Se agradar,  agradeça ao Ivan, que me provocou… 🙂

Em São Paulo, 3 de Março de 2018

Eduardo CHAVES
chaves@karlpopper.space